Wanderson Mota se entrega à polícia após 6 dias de fuga

Caseiro acusado de assassinar três pessoas se rendeu depois de ser convencido por uma mulher que ele iria assaltar neste sábado (Foto: Divulgação)

Wanderson Mota Protácio se entregou à polícia na manhã deste sábado (4), em Gameleira de Goiás, a cerca de 100 km de Goiânia.

O jovem de 21 anos era procurado havia 6 dias suspeito de 3 homicídios em Corumbá de Goiás.

De acordo com informações iniciais, ele teria entrado na residência de uma mulher, em Gameleira, que o alimentou e o convenceu a se entregar.

Foi assim que, nas primeiras horas deste sábado, ele foi espontaneamente se apresentar em um posto da Polícia Militar.

Relembre

As três vítimas de Wanderson (Imagem: Reprodução)

Wanderson é o principal suspeito de matar a facadas a esposa Raniere Aranha Figueiró, de 19 anos e grávida de 4 meses, e a filha dela, Geysa Aranha Rocha de Souza, de 2 anos, além de um fazendeiro na região de Corumbá, no domingo (28).

Na sequência, intensas buscas se iniciaram pela região, passando por cidades como Alexânia, Abadiânia, Gameleira, Anápolis e Goianápolis.