Sony anuncia fechamento de fábrica em Manaus

O grupo japonês atua há 47 anos no Brasil.

O início da manhã desta terça-feira (15) pegou o Brasil – e principalmente Manaus – de surpresa. Um comunicado da empresa Sony anunciou o fechamento da fábrica na capital amazonense para meados de março de 2021 e a interrupção das vendas de produtos de consumo como TV, áudio e câmeras. Após 48 anos de atuação no país, o grupo Sony Brasil Ltda alegou considerar “tendências de mercado” e adaptação a mudanças no ambiente externo.

“São 48 anos de história no Brasil e nessa trajetória, agradecemos pela relação de confiança construída ao longo de todo tempo com a nossa forte parceria”, disse o comunicado da empresa, assinado pelo gerente sênior de operações, Clóvis Leite.

Apesar do fechamento da fábrica em Manaus, a empresa garantiu que irá manter os serviços de garantia e assistência técnica. Produtos como os da linha de videogame PlayStation deverão ser vendidos no país via distribuidores parceiros.

Com a decisão da Sony, a empresa entra para o rol de outros fechamentos de impacto que aconteceram no Polo Industrial de Manaus, entre eles os da fábrica da Sharp, Philips, Gradiente e, mais recentemente, da Nokia, evidenciando as dificuldades das empresas em conseguir manter operações com os custos do Brasil, problema que pode ser acentuado com as recentes ameaças que o modelo Zona Franca de Manaus vem sofrendo.

A empresa se disse ficar à disposição para detalhar os próximos passos dessa decisão, no entanto, o comunicado oficial foi o único posicionamento até o fechamento desta matéria.

FONTE: A Crítica

Comentarios