Seinfra conclui construção de galeria na Estrada de Novo Airão

Foto: Sidney Mendonça

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), está concluindo a recuperação de um trecho da rodovia AM-352, a Estrada de Novo Airão, que sofreu um processo erosivo grave em uma linha de bueiros localizada próximo do balneário do Mato Grosso, colocando em risco a estrutura da pista.

A linha de bueiros foi substituída por uma galeria construída em concreto armado, que já está pronta. A Seinfra também concluiu o recapeamento asfáltico do trecho e está agora finalizando os serviços de sinalização vertical e horizontal para liberar a pista em definitivo.

Os serviços foram realizados entre janeiro e fevereiro deste ano, após o trecho da rodovia romper, devido a uma chuva intensa acima dos padrões pluviométricos normais, registrada no dia 10 de janeiro deste ano, que carreou material suspenso, obstruindo o tubo metálico do tipo ARMCO, de 2,5 metros de diâmetro. Sem espaço para escoar, a água penetrou pelas laterais do bueiro rompendo o corpo do aterro.

A obra foi de suma importância para normalizar o tráfego de veículos de carga e de passageiros nessa estrada, uma vez que Novo Airão é um município que tem forte apelo turístico. A situação exigiu da Seinfra uma ação emergencial para implantação de uma solução técnica e duradoura com a adequação do leito do igarapé e melhor escoamento das águas.

Planejamento

A Seinfra projetou e especificou os serviços de implantação de 350 metros de recomposição e reconstrução de rodovia com os seguintes serviços: remoção do tubo metálico do tipo ARMCO, troca de solo mole, construção de galeria de concreto armado, de 3×3 metros de área e 13 metros de comprimento, terraplanagem com elevação de grade (elevação do nível da pista), pavimentação, revestimento asfáltico CBUQ, drenagem, sinalização vertical e horizontal, contenção de taludes, plantio de grama, instalação de 88 metros de defensas metálicas.

Na primeira fase do trabalho, um plano emergencial foi estabelecido e o fluxo de veículos foi retomado na via, no dia 11 de janeiro; em menos de 24 horas do rompimento do trecho. No dia 21 de janeiro, a Seinfra iniciou a segunda etapa dos trabalhos com a instalação de aduelas de concreto que garantem durabilidade e segurança para quem trafega pelo trecho. As aduelas de concretos substituíram o tubo ARMCO, cuja vida útil estava vencida.

 

Comentarios