Récem-casados morrem na volta para o Canadá em Boeing derrubado no Irã

Arash Pourzarabi e sua esposa Pooneh Gorji, estudante da Universidade de Alberta, morreram dias após festa de casamento. ─ Foto: Akhavan Studio

Arash Pourzarabi e sua noiva Pooneh Gorji se casaram na semana passada no Irã. Eles moravam na cidade de Edmonton, no Canadá, e embarcaram na última quarta-feira (8) no voo PS752, da Ukraine International Airlines, que partiu de Teerã rumo a Kiev, na Ucrânia. Seria apenas uma escala da viagem de volta para casa.

Pouco tempo depois da decolagem, no entanto, a aeronave Boeing 737 caiu com 176 pessoas a bordo. Não houve sobreviventes.

Os recém-casados eram pesquisadores do departamento de ciências da computação da Universidade de Alberta, no Canadá.

Autoridades de Ucrânia confirmaram que 63 canadenses estavam entre os mortos no acidente. A notícia causou ainda mais perplexidade na população do município de Edmonton, capital da província de Alberta, que ainda contabiliza as perdas nesta tragédia.

FONTE: ÉPOCA

 

Comentarios