Prefeitura participa da ‘Remada Ambiental’ com doação de mudas e sensibilização contra queimadas

Foto: Divulgação/Semmas

A Prefeitura de Manaus realizou no sábado, 21/9, Dia da Árvore, a doação de 300 mudas de espécies frutíferas, ornamentais e medicinais na Marina do Davi, na Área de Proteção Ambiental (APA) Tarumã Ponta Negra. O local foi o ponto de partida da “Remada Ambiental”, projeto da sociedade civil organizada voltado para a retirada de resíduos dos mananciais hídricos daquela região.

A ação fez parte da programação da Semana da Árvore 2019, realizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), e contou também com a atividade de sensibilização da campanha de combate às queimadas, com distribuição de 200 ventarolas e afixação de 20 cartazes de alerta contra queima nos flutuantes e embarcações.

As mudas atraíram as atenções das pessoas que passavam pelo local e dos participantes do projeto Remada Ambiental. “Toda e qualquer iniciativa voltada para a melhoria da qualidade ambiental da nossa cidade é sempre muito bem-vinda. Por essa razão, estamos aqui com o Pedágio Ambiental da Prefeitura de Manaus para pedir às pessoas que plantem árvores e jardins, não queimem lixos e nem descartem seus resíduos de forma irregular para que não venham parar nos nossos rios”, afirmou a engenheira florestal Conceição Vargas, que também é gestora do Viveiro Municipal.

Moradores de comunidades ribeirinhas também participaram da ação. Concordando com a mensagem da campanha de combate às queimadas “O silêncio diz muita coisa e a fumaça também”, o piloto de lanchas da Associação dos Canoeiros da Marina do Davi, Flávio de Almeida Gonçalves, elogiou a iniciativa. “É muito importante lembrar para as pessoas que queimar é crime e esse trabalho ajuda muito”, afirmou.

 

Comentarios