Visa Manaus fiscaliza flutuantes neste fim de semana

Foto: Altermar Alcântara/Semcom

Flutuantes que funcionam como restaurantes na orla fluvial de Manaus começaram a ser fiscalizados pela Prefeitura de Manaus neste sábado, 27/6. A ação executada pela Vigilância Sanitária municipal (Visa Manaus), que vai se estender pelos próximos fins de semana, faz parte das atividades de fiscalização do órgão para segmentos autorizados a reabrir de acordo com o plano estadual de retomada gradual do comércio. 

“Neste processo de reabertura, estamos orientando os estabelecimentos para que sigam as regras sanitárias gerais e aquelas que reforçam a prevenção à Covid-19”, disse a diretora da Visa, Maria do Carmo Leão. No caso dos flutuantes, segundo a diretora, estão sendo verificados os itens de segurança à saúde de funcionários e clientes, incluindo desde cuidados pessoais até cuidados com o layout e higiene do ambiente. 

Neste primeiro fim de semana, a estimativa da Visa é inspecionar seis flutuantes. “Estamos averiguando como esses espaços estão se adaptando à fase pós-autorização de abertura”, explicou a fiscal Cristiane Ruwer, que esteve na ação deste sábado. Além dos cuidados relativos à prevenção ao novo coronavírus, a fiscal disse que a Visa está verificando o cumprimento das normas relativas ao preparo de comidas e bebidas. “Estamos aproveitando para verificar a cozinha, como está sendo feita a manipulação de alimentos e outros cuidados específicos para esse tipo de atividade”.

Os primeiros flutuantes fiscalizados apresentaram irregularidades relacionadas principalmente à higiene e regras de manipulação de alimentos, de acordo com a fiscal. Três foram autuados e uma autuação está condicionada à apresentação de documentos comprobatórios de licenciamento sanitário. 

A fiscal disse que entre os principais pontos de atenção nos flutuantes estão as medidas para conter aglomerações e garantir o distanciamento entre as mesas e entre as pessoas. A Visa recebeu informações de que, na semana passada, quando esses serviços foram autorizados reabrir, houve falha nas restrições de acesso. “É importante lembrar que os estabelecimentos devem operar com capacidade de público reduzida, justamente para garantir o distanciamento mínimo”, alertou.  

Cristiane  destacou que o uso de máscara, protetores faciais e outros EPIs obrigatórios por todos os funcionários também está sendo inspecionado, assim como o uso de máscaras pelos clientes durante a circulação no ambiente. “A máscara só deve ser retirada no momento da refeição, devendo ser mantida no restante do tempo”.   

Regras

As normas a serem seguidas por restaurantes e outros serviços de alimentação neste período de flexibilização das atividades comerciais foram reunidas em Nota Técnica (04/2020 – DVISA/SUBGS), e podem ser consultadas por empresários e clientes no site da Secretaria Municipal de Saúde (semsa.manaus.am.gov.br).  

Entre as orientações para o segmento estão funcionamento com capacidade reduzida; distância de, pelo menos, dois metros entre as mesas; acesso somente com máscara; espaço e insumos obrigatórios para lavagem das mãos; orientações para higienização em local de fácil visibilidade; local adequado para o descarte de luvas e máscaras; cobertura das mesas com material descartável; álcool gel a 70% sobre cada mesa.  

Além disso, o estabelecimento deve garantir guardanapos descartáveis e embalados individualmente; molhos e temperos em sachês; talheres em embalagens individuais; pagamento, preferencialmente com cartão; uso de máscara e protetor facial por colaboradores em contato com clientes; reforço nas medidas gerais de higiene pessoal e de boas práticas no preparo e manipulação de alimentos.  

Se o responsável pelo estabelecimento, o funcionário ou o usuário do serviço tiver dúvidas sobre as regras ou quiser formalizar denúncia, pode entrar em contato com a Visa Manaus pelo visamanaus.covid19@gmail.com ou ligar para Ouvidoria do órgão (98842-8481).

Comentarios