TCE atende Belarmino Lins e adia inspeções de contas no interior

Deputado Belarmino Lins

Atendendo a requerimento de autoria do deputado Belarmino Lins (PP), subscrito por vários parlamentares, o presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), conselheiro Mário de Mello, confirmou o adiamento das inspeções de contas no interior do Estado para depois do primeiro turno das eleições municipais deste ano.

Em discurso na Aleam, Belarmino manifestou gratidão pelo atendimento ao seu pedido: “Agradeço ao conselheiro Mário Mello e aos demais conselheiros do TCE-AM, os quais, reunidos no Tribunal Pleno da Corte, deliberaram em favor do nosso requerimento e aprovaram o adiamento, em razão do atual período de pandemia, da realização das inspeções de contas municipais para a partir do dia 16 de novembro, com o encerramento das eleições no interior”.

Segundo o parlamentar, a fiscalização das contas municipais é uma demanda que o TCE cumpre com rigidez, mas que neste ano de 2020 enfrenta a excepcionalidade de um processo eleitoral em plena pandemia do novo coronavírus. “Por isso solicitamos o adiamento das inspeções, no que fomos atendidos pelo TCE”, disse o líder progressista, que também agradeceu o apoio dos colegas parlamentares que subscreveram o requerimento aprovado pelo plenário da Aleam.

O presidente do Legislativo Estadual, deputado Josué Neto (PRTB), assinou o requerimento de Belarmino Lins juntamente com os parlamentares Serafim Corrêa (PSB), Roberto Cidade (PV), Adjuto Afonso (PDT), Sinésio Campos (PT) e Carlinhos Bessa (PV), dentre outros que concordaram com o adiamento das inspeções.

Comentarios