Sinésio Campos considera um ‘acinte’ à população aumento no gás de cozinha

© Reprodução/Internet

O preço do botijão de gás de 13 kg, vendido às distribuidoras, sofreu um aumentou de 8,5%.

O anúncio do ajuste foi feito pela Petrobras e segundo a Federação das Empresas Revendedoras de Gás Liquefeito do Amazonas (Fegás), no estado, o valor do gás revendido pelas distribuidoras pode chegar até R$ 85. Em Manaus, o valor deve ficar entre R$ 75 e R$ 78.

O preço na média nacional, sem tributos, nas refinarias da companhia, será equivalente a R$ 25,07 para envase em botijão de 13 kg. Por conta disso, acumulou a alta de R$ 0,69 à 2,8% desde janeiro, quando passou a ter reajustes trimestrais.

Segundo o Presidente da Comissão de Geodiversidade, Recursos Hídricos, Minas, Gás, Energia e Saneamento da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado estadual Sinésio Campos do PT, o estado do Amazonas não sofreria o aumento no preço do gás de cozinha de acordo com anuncio da Petrobras.

Comentarios