Justiça trabalhista determina 70% da frota circulando em caso de greve dos Rodoviários

© AC

Na tarde desta quinta-feira (6), a desembargadora Eleonora Saunier, presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (TRT11), determinou a circulação de 70% da frota de coletivos em Manaus caso o Sindicato dos Rodoviários decida manter a greve da categoria a partir da zero hora desta sexta-feira (7) por tempo indeterminado. Em caso de descumprimento foi estipulada uma multa de R$ 50 mil reais por hora de paralisação.

A categoria está cobrando, entre outras coisas, a volta do plano de saúde, além do pagamento de horas extras, conforme acordado junto ao MTP.

No momento, uma reunião está ocorrendo entre a classe patronal e dos trabalhadores objetivando um acordo que evite a deflagração da greve.

ATUALIZAÇÃO – Terminou agora há pouco a reunião no Ministério Público do Trabalho (MPT) entre Rodoviários e classe patronal. Ficou decidido que a greve fica suspensa até a próxima terça-feira (11/12) após pedido feito pelo secretário de Articulação Política de Manaus, Luís Alberto Carijó.

Comentarios