HUGV-Ufam é o único hospital da região Norte a aplicar as provas práticas do Revalida

As atividades são realizadas nas cinco regiões do País

O Hospital Universitário Getúlio Vargas da Universidade Federal do Amazonas (HUGV-Ufam), filiado a Empresa Brasileira de serviços Hospitalares (Ebserh), é o único da região Norte a aplicar as provas da segunda etapa do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2017. As Provas ocorrem neste fim de semana, 17 e 18 de novembro, em todo o Brasil.

As atividades são realizadas nas cinco regiões do País, tendo como campo de prática, além do HUGV, outros quatro hospitais da Rede Ebserh, instituição vinculada ao Ministério da Educação (MEC). O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia também vinculada ao MEC, responsável pelo exame, estima a participação de mais de 900 médicos em todo o Brasil, dos quais aproximadamente 80 são esperados no Amazonas.

Sobre o Exame

O Revalida subsidia os processos de revalidação, feito por determinadas universidades públicas, dos diplomas de médicos que se formaram no exterior. É direcionado aos médicos estrangeiros e brasileiros que se graduaram em outro país e querem exercer a profissão no Brasil. A segunda etapa é uma prova de habilidades clínicas na qual o participante percorre dez estações para resolução de tarefas sobre investigação de história clínica, interpretação de exames complementares, formulação de hipóteses diagnósticas, demonstração de procedimentos médicos e aconselhamento a pacientes ou familiares.

Além do HUGV-Ufam, que aplica a prova em Manaus, outros locais são:  No Distrito Federal, a atividade ocorrerá no Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB); em Curitiba (PR), será no Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Paraná (CHC-UFPR); em São Luís, as provas serão aplicadas no Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HU-UFMA) e em Belo Horizonte, no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (HC-UFMG).

“Por serem hospitais universitários, as unidades da Rede Ebserh se configuram como campo de prática para a formação de profissionais da área da saúde. Nossa atuação se dá no ensino, na pesquisa, na extensão e também na assistência à saúde da população brasileira, de forma gratuita, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS)”, explicou o presidente da Rede Ebserh, Kleber Morais.

Fique atento

São dois dias de prova, cada um com dois turnos. Tanto no sábado quanto no domingo, as provas do primeiro turno começam às 13h, enquanto as do segundo turno têm início às 17h. Os portões são fechados meia hora antes. Os horários estão detalhados no cartão de confirmação e no Edital do Revalida – 2ª Etapa. É obrigatória a apresentação de via original de documento oficial de identificação com foto.

As informações sobre o horário e o local de prova, bem como sobre atendimentos especializados e específicos, caso solicitados e aprovados, estão no cartão de confirmação da inscrição. O documento pode ser acessado pelo Sistema Revalida, por meio do botão “Acompanhe sua inscrição”. É necessário informar CPF e senha previamente cadastrada. Na sequência, o participante deve clicar em “Visualizar dados da inscrição” e no ícone de “check” para imprimir. Dúvidas devem ser encaminhadas ao Autoatendimento do Fale Conosco do Inep.

Sobre a Ebserh

Vinculada ao MEC, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do SUS, e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, administra atualmente 40 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Comentarios