Homem morre com tiro acidental de espingarda em Barreirinha

FOTOS: Jair Carneiro/Carol Santos

Davi Brito Souza, 31 anos, levou um tiro de espingarda calibre 20 que atingiu a região do braço direito e devido a gravidade dos ferimentos, o mesmo veio a óbito.

Davi deu entrada no hospital de Barreirinha por volta do meio-dia de segunda-feira (12/04) e foi atendido pelos médicos Gilney Soares e Jackson Douglas, mais equipe de enfermagem.

De acordo com o médico interno Jakcson Douglas, o paciente deu entrada apresentando ferimento grave na região do antebraço, mas estava orientado e lúcido, queixando-se de intensa dor, com hemorragia na região afetada, fraturas expostas, comprometimento vascular, com pressão baixa, bradicardia e hipocorado devido a perda de muito sangue.

De acordo ainda com o médico, o paciente fez uma transfusão sanguínea de dois concentrados de hemácias e outros.

Foram realizados outros procedimentos com intuito de estabilizá-lo para que chegasse até Manaus para onde havia sido removido.

FOTOS: Jair Carneiro/Carol Santos

O enfermeiro Cristian Maklouf, que acompanhava o paciente na remoção, disse que, próximo à cidade de Boa Vista do Ramos, Davi passou mal e teve duas paradas cardíacas e apesar do esforço da equipe em reanimá-lo, veio a óbito.

Leandro de Souza contou que seu irmão tomava conta de uma fazenda na localidade chamada Palhal Grande, no Lago Estácio, Município de Barreirinha, e que andava sempre com a espingarda pelo terreno devido no local haver onças.

“Ele conversou comigo e contou que ia caminhando e foi se abaixar para passar por debaixo de um pau e que a espingarda engatou em um cipó, foi quando a mesma disparou e atingiu o seu braço. Meu irmão era trabalhador, pai de um filho de 6 anos e tinha esposa. Muito triste para nós essa perda. Os nossos pais estão vindo de Manaus para acompanhar o enterro e se despedir de Davi”, contou aos prantos Leandro.

Comentarios