Governador do AM pode ser afastado do cargo pelo STJ

(Foto: Sandro Pereira/RDC)

Wilson Lima, governador do Amazonas, poderá ser afastado do cargo pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), caso a denúncia feita pela Procuradoria Geral da República (PGR) seja aceita pela corte do supremo.  A informação é da Coluna Radar, publicada no site da Revista Veja, na última sexta-feira(21).

A denúncia apresentada pela PGR investiga a compra de 24 ventiladores hospitalares pelo governo do Amazonas, no valor de R$ 2,9 milhões, e virou alvo de inquérito no Supremo Tribunal de Justiça (STJ).

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) pautou para 2 de junho o julgamento do governador do Amazonas Wilson Lima e mais 17 acusados em denúncia da compra superfaturada de respiradores pulmonares oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF).

No julgamento, o STJ vai decidir se aceita a denúncia apresentada pelo órgão ministerial. A ação é relatada pelo ministro Francisco Falcão que apresentará seu voto que também será apreciada pelos outros membros da Corte.

O STJ vai analisar, além do recebimento da denúncia, se Wilson Lima deve ser afastado do cargo. Segundo a publicação do site da revista Veja, “Se recebida a denúncia pela Corte, é difícil não afastar o governador do cargo”, disse um ministro do tribunal à publicação.

FONTE: D24AM

Comentarios