Defesa Civil do AM vai acompanhar situação de emergência em Parintins

Parintins entrou em situação de emergência após erosão na orla da cidade — Foto: Yuri Pinheiro/Prefeitura de Parintins

MANAUS – A Defesa Civil do Amazonas, enviou dois engenheiros e um agente para Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), onde eles participaram de uma reunião ao longo desta sexta-feira (17) com o prefeito em exercício do município, Tony Medeiros, secretários e vereadores.

A cidade está em situação de emergência desde terça-feira, quando um decreto assinado apontou risco de vida à população após o desmoronamento da orla da cidade.

A missão dos agentes é realizar uma vistoria na orla do município, em decorrência do desastre de erosão das margens fluviais, ocorrido no dia 29 de dezembro de 2019. Na ocasião, foram expostas as ações que já estão sendo executadas pela Prefeitura de Parintins como primeira resposta para mitigação do desastre.

Parintins entrou em situação de emergência em razão de desmoronamento na orla do município. De acordo com o decreto, publicado nesta terça-feira (14), a situação coloca em risco a vida da população na localidade.

A erosão afeta as áreas do Porto de Parintins até o Matadouro municipal; trecho do Comunas Bar até o início da Rua Senador Álvaro Maia; trecho da Escadaria da Praça São Benedito até a Cidade Garantido), e em consequência o trincamento dos muros de contenção existentes na parte frontal da orla de Parintins, no trecho entre a Rua Caetano Prestes até a Rua Senador Álvaro Maia.

fonte: g1

Comentarios