David Assayag lança ‘vaquinha’ para custear cirurgia e voltar a enxergar

O artista perdeu a visão após um deslocamento de retina. | Foto: Tadeu Souza

O cantor David Assayag lançou na última terça-feira (6), uma vaquinha para arrecadar verbas e custear uma cirurgia para que ele volte a enxergar. O imperador divulgou a campanha “Amigo Solidário – David Assayag” na própria página do Instagram. O procedimento será realizado na cidade de Coimbra, em Portugal, com o médico oftalmologista, Dr. Antônio Travassos.

Em um vídeo, o artista do Amazonas convocou as torcidas do Boi Caprichoso e Garantido, além dos próprios fãs para fazerem as doações. Ele afirma que o sonho dele é voltar a enxergar.

“Alô nação vermelha e branca, alô nação azul e branca, fãs e simpatizantes do meu trabalho. Eu quero comunicar a vocês que surge uma nova esperança para que eu volte a enxergar, em Portugal, em Coimbra, na realidade, com o Dr. Antônio Travassos, usando uma nova técnica de visão, a gente quer contar com vocês”, disse o imperador, na publicação.

Ainda David afirma na publicação que ainda tem a esperança de voltar a enxergar. “Estamos lançando uma vaquinha virtual, você que é amigo e gosta do meu trabalho, chamo para colaborar com essa empreitada que vou fazer na minha vida novamente. A esperança existe e temos essa vontade de ir lá. Queria contar com ajuda de todos vocês para realizar este sonho que continua vivo na minha vida. Tá bom? Obrigado. Conto com vocês”, finalizou o levantador de todas do Boi Caprichoso. As doações de diferentes valores podem ser feitas por meio do site do artista. 

Problema na visão

O problema na visão de David Assayag começou quando ele, ainda jovem, tomava banho com outros garotos da mesma idade no lago do Ropoca, que ficava próximo à casa dele, e, ao mergulhar, bateu com a cabeça em um galho de árvore, submerso nas águas.

“Foi depois desse baque que comecei a ter problemas. Somente numa outra ocasião aconteceu o acidente com a bola que levei no rosto”, comenta. “Foi um deslocamento de retina que me levou a perder a visão, segundo o médico que me atendeu”, conta o ídolo do Festival Folclórico de Parintins, em entrevista concedida ao jornal A Crítica em 2006.

Por ACRÍTICA

 

Comentarios