Arsepam e Procon-AM realizam fiscalização no porto de Manaus

Além da fiscalização, foi realizada uma pesquisa que servirá de base para a futura regulação do transporte hidroviário no Amazonas. ─ Foto: Divulgação

Para dar o passo inicial rumo à regulação do serviço de transporte hidroviário intermunicipal, a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Estado do Amazonas (Arsepam) realizou, na manhã desta sexta-feira (21/02), uma pesquisa direcionada a identificação do perfil socioeconômico dos passageiros e a sua percepção sobre a qualidade desse serviço.

Além da pesquisa, foi realizada em parceria com o Procon-AM a fiscalização dos direitos à gratuidade aos idosos e às pessoas com deficiência, acessibilidade, regularidade de horários e modicidade tarifária, dentre outros aspectos dessa relação de consumo. O departamento de estatística da Arsepam fez visita a 12 embarcações e além dos passageiros, também ouviu as impressões dos armadores a respeito da prática do serviço.

“A parceria dá muita força aos órgãos. Quando a fiscalização é integrada, conseguimos abranger uma gama de irregularidades muito maior”, afirmou Pedro Malta, fiscal do Procon.

Em algumas embarcações não havia informação alguma dos valores das passagens e isso deve ser observado para que o consumidor não seja lesado.

Comentarios