Vereador assume vaga e ‘desaparece’

Ver. Ronaldo Tabosa

Quem acompanha as atividades da Câmara Municipal de Manaus já percebeu: o vereador Ronaldo Tabosa (sem partido), que assumiu vaga na Casa no início de fevereiro, praticamente “desapareceu” logo após tomar posse na CMM. Tabosa quase não é visto em plenário nem nos corredores do Poder Legislativo. Procurado, o vereador admite as ausências. Disse que foi “algumas vezes”, mas afirmou que está “desanimado”. “O PP está brigando pelo mandato. Isso desmotiva um pouco”.

Desde 2012, quando foi eleito vereador pela primeira vez, Tabosa sofre com o peso da Justiça Eleitoral. Ele nunca conseguiu cumprir um mandato completamente. Desta vez, corre o risco de perder a cadeira de novo, já que saiu do PP, partido que lhe garantiu a primeira suplência da vaga de Álvaro Campêlo. A direção da sigla foi indagada sobre a ação, mas não respondeu.

“Já tive três, quatro mandatos cassados. Isso desanima, porque você fica tenso”, explicou Tabosa. Ele ainda argumentou que suas ausências na CMM se dão por motivo de saúde. O vereador disse que passará por uma cirurgia de hérnia umbilical. Sobre as faltas, garantiu que serão descontadas do salário.

Por ACRÍTICA

Comentarios