TSE confirma cassação de Adail Filho e Coari terá novas eleições

A eleição de Adail se configurou como um terceiro mandato consecutivo dentro do núcleo familiar, proibido por lei. (Imagem: Reprodução / Internet)

Nesta quinta-feira (7), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve, por maioria do pleno, a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) que cassou o prefeito afastado de Coari, Adail Filho (Progressistas). Dos sete ministros, quatro votaram pela cassação.

A corte superior eleitoral entendeu que a eleição de Adail se configura como um terceiro mandato consecutivo dentro do núcleo familiar. No dia 1º de outubro, o ministro Carlos Horbach, que é relator do recurso, votou pela realização de novas eleições no município. Ainda não há data para o novo pleito, segundo informações do TRE-AM, que aguardará comunicação oficial do TSE para marcar novas eleições.

Comentarios