Sobe para 57 o número de mortos e 119 feridos no atentado em Cabul neste domingo

Ataque foi reivindicado pelo grupo terrorista Estado Islâmico © Somar Sobhani/Reuters

grupo extremista autoproclamado Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do atentado suicida deste domingo (22), contra um centro eleitoral em Cabul. O número de mortos, que anteriormente era de 48 pessoas, subiu para 57 vítimas fatais e 119 feridos. Este é o último balanço oficial, informado pelo Ministério da Saúde do Afeganistão.

A explosão ocorreu às 10h00 na hora local (2h30, horário de Brasília) no bairro de Dasht-E-Barchi.

O chefe da polícia de Cabul, Mohammad Daoud Amin, afirmou que um homem-bomba detonou um explosivo perto da entrada do centro.

(Com informações do Notícias ao Minuto)

Comentarios