Segunda parcela do auxílio começa a ser paga na 2ª, diz presidente da Caixa

Segundo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, nesta sexta-feira (15), haverá o detalhamento do calendário de liberações. ─ Imagem: Reprodução

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou nesta quinta-feira (14) que o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 começará a ser pago aos beneficiários a partir da próxima segunda-feira (18).

“Vamos pagar mais de 50 milhões de pessoas em outro tempo recorde”, disse Guimarães durante a live semanal do presidente Jair Bolsonaro. O benefício é pago a trabalhadores desempregados, informais, autônomos e MEIs (Microempreendedores individuais).

De acordo com Guimarães, o detalhamento do pagamento da segunda parcela será feito na tarde desta sexta-feira (15), às 15h, por ele e pelo ministro da Cidadania, Onyz Lorenzoni.

Ao longo da transmissão, Bolsonaro revelou que está sendo cobrado pela nova liberação. “Está fazendo falta, porque é um socorro muito bem-vindo. Parabenizo a equipe do [ministro da Economia], Paulo Guedes, e do Congresso Nacional por ter aprovado tudo em tempo recorde”, afirmou o presidente.

O presidente da Caixa adiantou que o desembolso da quota será novamente feito de acordo com o mês de aniversário do beneficiário. Na semana passada, ele já havia garantido que o pagamento terá um cronograma diferente para evitar aglomerações na porta das agências bancárias.

Guimarães revelou ainda que a Caixa Econômica vai abrir uma conta para todos os mais de 50 milhões aprovados para receber o auxílio emergencial. “Todas as pessoas receberão uma conta digital de graça para fazer a movimentação dos recursos pelo celular”, disse ele.

Para a primeira parcela, a conta digital foi aberta apenas para os mais de 20 milhões de desbancarizados. Um novo lote da primeira parcela será também liberado nesta sexta-feira (15).

FONTE: R7

Comentarios