Rio Negro ultrapassa cota máxima para cheia em Manaus

Ao menos 15 bairros da cidade são atingidos pela cheia do Rio Negro. | Foto: Eliana Nascimento

O nível do rio Negro ultrapassou a cota máxima de 29,33 metros prevista para a cheia deste ano. De acordo com a medição da régua do Porto de Manaus, o nível está em 29,39 nesta segunda-feira (17). Por conta das inundações, a capital está em situação de emergência.

Conforme o Serviço Geológico do Brasil (CPRM), a cota máxima estava prevista para variar entre 29,18 metros a 29,33 metros.

A cota máxima já atingida pelo rio foi de 29,97 metros em maio de 2012. Já a mínima histórica foi de 13,63 metros em outubro de 2010.

Ao menos 15 bairros da cidade são atingidos pela cheia do Rio Negro. De acordo com Serviço Geológico do Brasil, o rio deve continuar subindo pelos próximos 10 dias.

No Centro da cidade, a água do rio invadiu um trecho da Rua dos Barés. Comerciantes da região reclamaram da queda nas vendas por conta da falta de clientes que circulam no local. Uma vendedora disse que precisou mudar o local da banca de banana na tentativa de fugir do prejuízo.

Situação de Emergência

A Prefeitura de Manaus decretou, no dia 5 de junho, situação de emergência na capital por conta da enchente do Rio Negro.

O decreto feito no Diário Oficial do Município relata que a prefeitura realize ações que possam combater os danos causados pela enchente dos rios Negro e Amazonas pelo prazo de 180 dias. E, solicite caso necessário, recursos do governo federal.

Por G1

Comentarios