Remanescente do samba lançam um novo projeto musical em Manaus

Foto: Divulgação

O ritmo mais brasileiro ganha uma nova identidade em Manaus. Com a idéia de unir o samba raiz ao mais recente, nasce uma música e um grupo: o Sambalizar, que será lançado no neste dia 3 de agosto, das 17h à meia-noite no Espaço Carioca Bar, localizado na rua Teresina, 101, bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul.

Os militares da Força Aérea Brasileira (FAB), Joubert Balbino e William do Banjo são os idealizadores do grupo que já se tornou um movimento. Eles e outros bambas cariocas e amazonenses se reúnem, há pelo menos dois meses, com o intuito de resgatar a autêntica roda de samba com toque carioca e a simpatia amazonense.

“O grupo congrega duas gerações de músicos com o repertório totalmente misturado, sambalizado, vasto, bem selecionado, antigo e atual. Vamos mesclar o novo ao antigo, do raiz ao pop, passando pela bossa e outros ritmos da Música Popular Brasileira (MPB). Vai ser uma bela salada musical”, garante Balbino.

E sambalizar virou um excelente meio para aliviar o estresse, dos músicos e dos amantes do ritmo, dizem os artistas.

Rio de Janeiro e Amazonas

Joubert nasceu no Rio de Janeiro (morro de São Carlos). Quando criança tinha interesse por música e, por meio do rádio, sofreu influência dos artistas do Clube da Esquina e dos Astros da Bossa Nova . Ele conta que, no começo, gostava de todo tipo de música, mas depois de um certo tempo o samba foi sua escolha. Integrante da FAB, foi transferido para Manaus onde contribuiu com a formação e sucesso do grupo ‘Ases do Pagode’ por 28 anos.

Também carioca William do banjo é fundador do grupo ‘Vou Pro Sereno’. Desde jovem gostava dos sambas de raiz e era adepto as antigas e famosas rodas de samba do Rio de Janeiro.

E, dos dois remanescentes do samba bom e de raiz, nasceu a obra “Sambalizar”, já disponível em todas as plataformas digitais e com esse refrão aqui:

“Sambalizar, é batuque, é ginga em primeiro lugar…
Sambalizar, negritude na pele em cada olhar
Sambalizar é essência da gente
Sambalizar, é a criança, é o velho, é o novo
Sambalizar, é o samba na boca do povo
Sambalizar, tá no sangue da gente, não dá pra negar…”

“Sambalizar”, a banda

Joubert Balbino – voz e reco-reco;
William do Banjo – voz e banjo;
Jackson Vasques- voz e cavaco;
Yury Santos – voz e percussão geral;
Felipe Carica – percussão geral;
João Paulo – percussão geral ; e
Wladmir Roberto -violão de 8 cordas e regência.

Serviço
O que: Lançamento do Grupo Sambalizar
Quando: 3 de agosto
Onde: Espaço Carioca Bar – R. Libertador, 103, bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul.
Quanto: R$20,00

 

 

Comentarios