Quarto suspeito de matar sargento da PM se entrega

Marcley Moares de Souza, de 20 anos, se apresentou espontaneamente na delegacia, acompanhado de advogado. Outros três suspeitos do crime foram presos.

O quarto suspeito de envolvimento na morte do sargento da Polícia Militar, Marcley Moares de Souza, de 20 anos, se apresentou espontaneamente no prédio da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), na tarde desta terça-feira (25). Segundo a polícia, o suspeito compareceu à unidade acompanhado de um advogado. Outros dois homens já haviam se entregado à polícia.

De acordo com o titular da DEHS, delegado Paulo Martins, Souza se apresentou espontaneamente no prédio da especializada, acompanhado de um advogado, por volta de 16h30. Na ocasião, foi cumprido o mandado de prisão preventiva em nome dele por latrocínio, que teve como vítima o sargento da Polícia Militar reformado Luiz Carlos da Silva Costa, de 56 anos, na última quarta-feira (19).

Na manhã de segunda-feira (24), por volta das 8h30, Charles Sanches Moraes, que também está envolvido no crime, se apresentou no prédio da unidade policial, acompanhado de um advogado. Já na noite do último sábado (22), por volta das 23h, outro envolvido na morte do sargento reformado, identificado como Joelson Ferreira Soares, também se apresentou no prédio da especializada.

Por G1

Comentarios