Pistoleiro de facção criminosa é preso quando registrava BO de documento perdido

O '007 da Cidade Nova', 31 anos, tinha mandado de prisão por homicídio e ameaça de morte para a ex-companheira. | Foto: Divulgação

A equipe de investigação da Zona Norte da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) prendeu na manhã desta quarta-feira (12) Maxwell Paulo da Silva, 31, no 17º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no Bairro Redenção, Zona Centro-Oeste de Manaus. Ele perdeu a carteira de identidade e quando estava registrando um boletim de ocorrência para tirar a 2ª Via, foi preso, pois já tinha um mandado de prisão por homicídio.

Segundo o delegado Carlos Augusto Monteiro, titular do 17º DIP, quando foi consultado o nome de Maxwell no sistema da Polícia Civil, detectaram que ele tinha um mandado de prisão. A Equipe da DEHS foi acionada e foi até a delegacia para prender Maxwell.

Ele é conhecido como ‘007 da Cidade Nova’ e não era procurado apenas por homicídio. Maxwell é apontado como pistoleiro da facção criminosa Família do Norte (FDN) e já foi preso por tráfico de drogas em 2013. Ele também tinha mandado de prisão preventiva por ameaçar de morte a ex-companheira em 2018 e já foi preso duas vezes por crimes previstos na Lei Maria da Penha. Maxwell não aceitava o fim do relacionamento e espancou sua ex-mulher no bairro Cidade Nova, Zona Norte.

O homem foi levado para a DEHS que fica no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste, onde vai ficar à disposição da Justiça.

Spectr News Theme

 

Comentarios