Perseguição policial termina com pedestre morto na avenida Santos Dumont

(Foto: Divulgação)

Durante perseguição policial na manhã deste sábado (5), um veículo branco de marca Gol, com três suspeitos de um homicídio, acabou colidindo com outro carro e atropelando um pedestre na Avenida Santos Dummont, mais conhecida como Estrada da Ponta Negra.

O trio de infratores — composto por dois homens e uma mulher — era suspeito de um homicídio cometido momentos antes no bairro Tarumã, em uma festa clandestina na Comunidade Parque Riachuelo, zona Oeste de Manaus.

De acordo com informações da 20ª Cicom, o grupo foi em direção à festa que ocorria durante a madrugada, em busca de Fabiano Mendonça da Silva, 38, mais conhecido pelo apelido “China”. Na ocasião, a vítima foi surpreendida com disparos efetuados pelo trio, e faleceu no local em decorrência dos ferimentos graves. Ao todo, sete pessoas ficaram feridas com o tiroteio.

Após o crime, os infratores fugiram, e minutos depois começaram a ser perseguidos por uma viatura da 20ª Cicom, acionada por moradores da região.

Já na Estrada do Aeroporto, o veículo dos suspeitos acabou atropelando um pedestre que caminhava na calçada, e em seguida colidiu com outro automóvel da marca Gol, de cor vermelha. Ainda segundo a Polícia Militar, o condutor do veículo vermelho, que sofreu a colisão, auxiliava na perseguição.

O pedestre, por outro lado, morreu no local, e o corpo aguarda identificação desde as 9h da manhã, segundo informações do Instituto Médico Legal. Com escoriações na cabeça e braços, o transeunte vestia roupas esportivas, e supostamente realizava caminhadas diariamente pela região.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, um dos suspeitos conseguiu fugir do local, e os outros integrantes ficaram feridos. Em seguida, foram socorridos e levados ao Hospital Platão Araújo. Questionada sobre o ocorrido, a equipe da Delegacia de Homicídios e Sequestros (DEHS) não soube informar sobre a prisão dos suspeitos, bem como estado de saúde após o acidente.

“Os policiais estão em diligência, e investigam a ocorrência. Enquanto isso, aguardamos informações sobre outras ações que possam ter ligação com o caso do atropelamento”, informou a equipe do DEHS, sem mais detalhes.

FONTE: EM TEMPO

Comentarios