Pacientes da FCecon terão manhã de beleza e bingo na Semana do Dia das Mães

Foto: Divulgação/FCecon

Uma ‘Manhã de Beleza’ e bingos são alguns dos serviços que as pacientes e seus familiares vão receber na Semana do Dia das Mães, na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (Susam).

A ação é organizada pela Rede Feminina de Combate ao Câncer do Amazonas (RFCC-AM), junto à Liga Amazonense Contra o Câncer (Lacc), e será realizada de 8 a 10 de maio, quarta a sexta-feira, na FCecon, que fica na rua Francisco Orellana, 215, Dom Pedro, zona centro-oeste de Manaus, das 8h30 ao meio-dia.

Na quarta-feira (8/5), será realizado o tradicional ‘Bingão’, com prêmios que vão desde kits de higiene a produtos cosméticos. Os bingos serão realizados no Serviço de Quimioterapia e no Ambulatório, onde as cartelas serão entregues aos pacientes e acompanhantes, para interagirem com o público. Já na quinta (9/5), a programação da Semana do Dia das Mães terá uma missa em ação de graças, marcada para as 10h.

Foto: Divulgação/FCecon

Uma das atividades mais aguardadas, a ‘Manhã de Beleza’ será realizada na próxima sexta-feira (10/5), voltada principalmente àquelas pacientes que precisam melhorar a autoestima. O dia terá o serviço de maquiagem com uma equipe da empresa Mary Kay, além de estudantes de Estética do Centro Universitário Fametro, que farão massagem e design de sobrancelha. Cabeleireiros também estarão na ação para oferecer corte de cabelo.

Participação

Além de pacientes que fazem tratamento na FCecon, vão poder participar da ação de humanização acompanhantes e os funcionários da Fundação. O evento é aberto ao público feminino e masculino.

“Nosso trabalho é aproximar nossos voluntários dos pacientes. O Dia das Mães é um dia que gera muita comoção, principalmente nesta situação [do tratamento contra o câncer]. Sempre tem uma mãe ali, seja como paciente, seja com o seu filho. Por isso decidimos fazer uma semana de atividades, para alcançar o máximo de pessoas”, explica a presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Amazonas, Tammy Cavalcante.

 

Comentarios