Os tipos de alimentos mais caros do mundo

Os tipos de alimentos mais caros do mundo

Se alimentar é um processo natural dos seres humanos. Diariamente milhões de pessoas fazem isto de forma automática e nem sempre param para pensar sobre o que estão consumindo. Se é o preço que influencia no tipo de consumo então poucos terão a chance de provar comidas de alto valor. Um melão especial, caviar, foie gras. Alguns dos alimentos mais caros do mundo poderão ser vistos no decorrer dos próximos parágrafos.

Em um universo cada vez mais globalizado e agitado, nem sempre é possível dar atenção ao que se ingere. Será que as pessoas realmente sabem que tipo de alimento estão consumindo? Seja para beber ou comer, nem sempre se sabe como tais produtos são feitos. Outro ponto a ser considerado é o investimento. Diversos fatores podem influenciar o preço dos alimentos, como por exemplo, a qualidade, a raridade e o ambiente em que são encontrados.

Nutrientes, bebidas, frutas, verduras, peixes, crustáceos. Uma lista imensa pode ser citada para contemplar comidas que exigem um alto investimento. Contudo, abaixo seguem alguns destes produtos para ilustrar o quão caros eles podem ser.

1 – Café

Uma das bebidas mais consumidas por brasileiros e também por estrangeiros, o café apresenta uma enorme variedade de grãos, métodos de extração, tipos de produção e afins. Alguns exemplares chegam a custar muito mais que 500 reais por quilo. Além disso, o processo de colheita é um dos fatores levados em conta na hora de classificar determinado café. Brasil, Colômbia, Etiópia, Jamaica, Guatemala. Inúmeros países são conhecidos por fabricar volumes altamente exclusivos e exóticos. Tudo para atingir um público seleto que prima por características distintas.

2 – Melão

Mais de dez mil reais. Este é o valor que um melão pode atingir em alguns países da Ásia. No Japão, por exemplo, o melão é bastante valorizado em sua cultura. Por lá é comum o ato de presentear as pessoas com frutas. Inclusive, determinadas espécies de melão são leiloadas, e por isso, ultrapassam muito mais a casa dos dez mil reais. Mesmo melões medianos representam um alto valor agregado na civilização japonesa. Sendo assim, não é difícil encontrar locais que vendem a fruta por 800 ou mil reais.

3 – Ostras

Este tipo de alimento é da classe dos moluscos e pode alcançar valores exorbitantes. A dificuldade do cultivo, os obstáculos para colheita e demais fatores adversos provenientes da natureza representam uma produção complexa. Consequentemente, o preço por uma dúzia de ostras em um restaurante pode facilmente atingir a casa dos cem reais. Em estabelecimentos de luxo o investimento fica ainda maior. Obviamente, alguns lugares que não possuem criação de ostra em sua proximidade acabam apresentando uma alta no valor deste molusco.

Além do café, do melão e das ostras, inúmeros outros alimentos podem ser representados na lista dos mais caros do planeta. Caviar, açafrão, foie gras, presunto ibérico, trufas brancas e por aí vai. Independente do preço da comida o importante é saber escolher os produtos que serão consumidos. Desta forma, será possível desfrutar da arte diária de se alimentar.

Comentarios