Operação Tamoiotatá prende homem e apreende motosserras em Humaitá

(Foto: Divulgação / SSP-AM)

Um homem, de 34 anos, foi preso neste sábado (04/09), por policiais militares durante a operação Tamoiotatá, no quilômetro 50 da BR-319 em Humaitá (a 590 quilômetros de Manaus). Durante a realização das diligências, os agentes encontraram, com o acusado, uma arma de fogo de calibre 28, com 11 munições de calibre 28 intactas, e três munições de calibre 20 intactas.

Além disso, foram apreendidas também duas motosserras sem a devida documentação. O infrator recebeu voz de prisão e foi encaminhado para o 8° Distrito de Polícia Civil de Humaitá. O prejuízo ao crime foi de R$ 8,5 mil.

A prisão foi efetuada por policiais do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb), Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) e Regimento de Policiamento Montado (RPMon).

A operação

A força-tarefa, que ocorre de forma contínua desde o mês de abril, ampliará a presença do Estado no sul do Amazonas, com o efetivo de 200 pessoas para fortalecer o combate ao desmatamento e às queimadas ilegais.

O efetivo conta com equipes da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), integradas à Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) e, também, à Força Nacional, que se incorpora às ações do Estado, a partir da próxima semana.

O grupo fica dividido em três bases, localizadas em Apuí, Humaitá e Lábrea (a 453, 590 e 702 quilômetros de Manaus, respectivamente). O objetivo é garantir maior cobertura contra a degradação ambiental na região sul do Amazonas, considerada de maior vulnerabilidade no estado para crimes contra o meio ambiente, relacionados à grilagem, uso irregular de terras, extração ilegal de madeira e garimpo.

*Com informações da assessoria

Comentarios