No MS, vereador é preso em flagrante por violência contra mulher

Casal teria discutido por ciúmes, e desentendimento evoluiu para agressão física.

Diogo Silveira Castilho (DEM), vereador em Dourados (MS), foi preso em flagrante pela Polícia Militar após supostamente ter agredido sua noiva. Segundo informações do G1, o casal discutiu e a briga evoluiu para uma agressão.

Castilho também é médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Dourados, e foi encaminhado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Dpac). O advogado Renan Pompeu afirmou que na segunda-feira (6) entrará com o pedido para que o vereador responda em liberdade.

Informações do Campo Grande News apontam que a discussão foi causada por ciúmes da noiva com uma assessora parlamentar. À polícia, ela afirmou que o vereador foi quem sentiu ciumes. Ela relatou que Castilho tentou “esganá-la com as mãos e sufocá-la com um travesseiro”. Castilho apresentou escoriações no antebraço esquerdo.

O vereador de 36 anos mora junto com a mulher, de 24, desde janeiro deste ano. Em janeiro, eles romperam o noivado, mas reataram em julho.

Comentarios