Mulher envenena marido para receber seguro de vida

A mulher foi recolhida ao sistema prisional.

Em Parnamirim, na região metropolitana de Natal (RN), Berlany Silva, 37, foi presa suspeita de envenenar o próprio marido Ricardo Rosa, 44. De acordo com a investigação da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ela chegou a envenená-lo dentro do hospital, quando ele já estava internado. As informações são do G1.

As investigações da Polícia Civil apontam que o marido dela entrou em coma horas após um almoço com a investigada, sendo internado em seguida com um quadro grave e desconhecido.

Dias após essa internação, a mulher, durante uma visita, pediu para ficar reservadamente com o marido no leito do hospital para fazer uma oração. Foi neste momento que os equipamentos que mantinham o homem vivo começaram a alarmar.

A equipe médica então entrou para verificar o que estava ocorrendo e identificou uma substância estranha dentro da sonda que conduzia alimentação para a vítima.
O material foi recolhido e entregue a Polícia Civil. O exame químico-toxicológico feito na sonda pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia do RN (Itep) identificou a substância como “chumbinho”, um inseticida de uso agrícola.

Segundo a Polícia Civil, a vítima havia apresentado melhora no quadro clínico durante a internação, mas após o episódio no hospital está em estado grave.

Seguro de vida

Segundo familiares da vítima, a mulher teria tramado a morte do companheiro após descobrir que o mesmo havia feito um seguro de vida no valor de R$ 100 mil em nome dela.

A mulher foi presa e encaminhada ao sistema prisional, onde está à disposição da Justiça.

Comentarios