Morador de rua é morto a facadas no prédio da Santa Casa

O corpo estava enrolado em um lençol e o Corpo de Bombeiros precisou ser acionado para que o IML realizasse a remoção. | Foto: Daniel Landazuri

Após mais de três horas, o corpo de um morador de rua, identificado apenas como Diego, foi removido, na tarde desta segunda-feira (26), do prédio da Santa Casa de Misericórdia, localizado na rua Dez de Julho, no bairro Centro, Zona Sul de Manaus. Segundo a perícia, o homem foi morto com cinco facadas.

Policiais da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados para atender a ocorrência por volta das 11h30. O corpo estava em um fosso (um local de difícil acesso no chão do imóvel) nos fundos do prédio.

Devido ser uma área de difícil acesso, a equipe do Instituto Médico Legal (IML) teve dificuldade de remover o cadáver do local. Os bombeiros foram acionados e com auxílio de escada e cordas, por volta das 15h, conseguiram tirar o corpo da vítima do buraco.

O corpo estava enrolado em um lençol. Segundo a polícia, a vítima foi assassinada com três facadas no pescoço, uma nas costas e uma no peito.

O tenente Viana, da 24ª Cicom, informou que a área da Santa Casa recebe ações de segurança diuturnamente. “Fazemos abordagens e incursões no local, mas infelizmente acontecem esses tipos de situações por ser uma área grande, tipo uma espécie de labirinto”, disse o policial.

Testemunhas relataram que a vítima era conhecida por ser usuária de drogas e na noite de domingo (25) foi vista na companhia de outra mulher consumindo entorpecente no local.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) deve investigar a autoria e motivação do crime.

Por EM TEMPO

 

Comentarios