Justiça americana manda prender Ralph Gracie

A ordem de prisão ainda estipula fiança de 50 mil dólares.

A Justiça americana emitiu uma ordem de prisão contra o lutador Ralph Gracie e Lincoln Pereira, por terem agredido o representante da Gracie Barra — franquia de escolas de jiu-jitsu — nos Estados Unidos, Flávio Almeida.

A agressão (no destaque na foto), que levou Almeida a ter convulsão e perder alguns dentes, aconteceu durante o IBJJF 2018 World No-Gi Championship, torneio internacional de jiu-jitsu realizado na Califórnia, em dezembro.

Segundo os advogados Fernanda Freixinho e Daniel Raizman, que defendem a Gracie Barra e Almeida, a Corte Superior da Califórnia também fixou uma fiança de 50 mil dólares.

Por Blog Lauro Jardim/O Globo

 

Comentarios