Integrantes da FDN morrem em troca de tiros com a Polícia Militar

O grupo estava armado com pistolas, dentro de uma kombi quando foram abordados pelos policiais. | Foto: Divulgação

Após intensa troca de tiros com policiais da Rocam, seis homens morreram e um ficou ferido, no início da tarde desta sexta-feira (1°). Os policiais receberam uma denúncia anônima de que um grupo da facção criminosa Família do Norte (FDN), iria se reunir para realizar diversos crimes pela cidade, quando foram interceptados pela polícia nas imediações do Centro de Treinamento do Detran, localizado na avenida Arquitetura José Henrique, na Zona Norte de Manaus.

De acordo com o comandante do CPE, coronel Bruno Azevedo, os policiais receberam a denúncia, mas não sabiam onde o grupo iria atuar, entretanto sabiam onde eles iriam se reunir para poder começar a onda de crimes pela cidade. O grupo estava armado com pistolas, dentro de uma kombi quando foram abordados pelos policiais.

“Durante a abordagem, os suspeitos já desceram atirando contra a equipe, que precisou salvaguardar a vida e revidou a agressão. Durante a troca de tiros, todos os integrantes foram atingidos e levados, pelos policiais para o hospital mais próximo, como é de praxe em situações como essa, depois que conseguirmos imobilizar o bando”, explicou o coronel.

Ainda conforme o policial, ao chegar no Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz, na Zona Norte, foram atestado o óbito de seis, dos sete integrantes do bando que pretendia praticar crimes pela cidade. O armamento apreendido será encaminhado para o 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP), na Cidade Nova.

Por EM TEMPO

Comentarios