Indonésia: mais de 270 detentos que fugiram durante incêndio voltam para completar penas

Incêndio em prisão de Papua | Foto: AFP

Mais 270 prisioneiros que escaparam durante incêndio em uma prisão de Papua Ocidental (Indonésia) regressaram voluntariamente para completar as suas sentenças, afirmou o governo local nesta sexta-feira (23/8), segundo a agência France Presse. Entre os que regressaram estão condenados por assassinatos.

O incêndio foi provocado por manifestantes que atiraram coquetéis molotov do lado de fora da penitenciária. A onda de protestos é o capítulo mais recente das tensões entre grupos pró-indepedência de Papua o o governo da Jacarta. Papua declarou-se independente em 1961, mas a Indonésia assumiu o controle pela força em 1963 e a anexou oficialmente em 1969.

Os detentos que retornaram estão até ajudando a erguer um escritório improvisado para os carcereiros.

“Eles não escaparam, só estavam fugindo das chamas”, disse Elly Yuzar, porta-voz da prisão.

Cerca de 1.200 membros das forças de segurança foram mobilizados em Monokwari e Sorong, as principais cidades de Papua Ocidental, de acordo com o governo e as autoridades locais.

Por PAGE NOT FOUND

 

Comentarios