Homem Invisível: conheça o artista que ‘desaparece’ na própria arte

Liu Bolin ganhou o apelido por se camuflar em vários cenários. © Reuters

Liu Bolin é um artista performático e fotógrafo chinês que ganhou o apelido de Homem Invisível por se camuflar em vários cenários, através de métodos camaleônicos. A série ‘Escondendo-se na Cidade’, por exemplo, mostra ilusões de ótica impressionantes que vão muito mais além do que apenas efeitos visuais surreais.

Bolin usa sua arte para transmitir mensagens, que vão de protestos silenciosos contra políticas sociais da China a questões globais como poluição e pobreza.

Na galeria abaixo, tente encontrar o artista em meio às suas obras e saiba mais do seu trabalho inovador.

Consegue ver o artista? – Bolin começou sua habilidade de se camuflar nas paisagens urbanas depois que o local de uma das maiores congregações de artistas na Ásia foi demolido. © Wikimedia/Creative Commons
Protesto pacífico e eficaz – Incapaz de mudar sozinho as decisões do governo chinês, Bolin cria imagens bonitas e desafiadoras em um protesto pacífico, mas de mensagem poderosa. © Wikimedia/Creative Commons
Ele é onipresente – Um artista provavelmente não está na sua lista de compras, certo? Bolin aqui está ‘escondido’ na seção de verduras e legumes em um supermercado em Pequim. © Reuters
O segredo do sucesso está nos detalhes – Acompanhar as minúcias do seu trabalho em construção pode parecer engraçado. Mas o resultado final após ter o rosto pintado é uma mensagem artística séria. © Reuters
Esse ‘nicho’ de mercado paga bem… – As fotos de Bolin são vendidas por mais de 30 mil dólares. © Wikimedia/Creative Commons
Impressionante! – Bolin consegue se ocultar aqui nessas prateleiras com revistas em quadrinhos. © Reuters
Um ativista incansável – A obra denominada ‘Dongji’, ou ‘Solstício de Inverno’, surgiu dias depois de Pequim ter emitido seu segundo alerta vermelho para a poluição do ar em 2015. © Reuters
Desaparecendo para Metas Globais – Bolin criou arte para a campanha de Metas Globais em Pequim, trabalho em que ele se camuflou em um painel com 193 bandeiras do mundo. Depois de ficar imóvel por tanto tempo, Bolin gosta de descascar as grossas camadas de tinta de uma só vez. ©Getty Images
>>>Notícias ao Minuto<<

Comentarios

COMPARTILHAR