Governador eleito Wilson Lima visita Aleam

"Estou aqui para assumir o compromisso do diálogo aberto, de um governo participativo", afirmou Wilson Lima

Em sua primeira aproximação com o Legislativo, o governador eleito Wilson Lima (PSC) fez nesta terça-feira (4), uma visita de cortesia aos deputados presentes à Sessão Ordinária da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), onde foi saudado no plenário pelo presidente da Casa, deputado David Almeida (PSB) e pela deputada Alessandra Campêlo (MDB), e depois de um breve pronunciamento da tribuna participou de uma reunião com os parlamentares na sala da Presidência.

Em sua saudação ao governador eleito, o presidente David Almeida abordou a relação entre os poderes Legislativo e Executivo, que deve transcorrer dentro de um clima de independência, confiança e colaboração, salientando a decisão do povo amazonense em promover a mudança ensejada nas urnas. “E essa mudança caminhou em sua direção, por isso nós esperamos, queremos, desejamos e almejamos todo êxito do mundo para a sua gestão governador”, disse David, em nome de todos os deputados.

Falando em nome dos demais deputados, Alessandra Campêlo reforçou o discurso do presidente David Almeida, afirmando que o Parlamento pretende ter uma relação de respeito e de colaboração com o futuro governo, sempre pautada pela nossa obrigação constitucional, que além de legislar, é fiscalizar. “A nossa fiscalização e o nosso trabalho será sempre em prol do povo e em defesa do povo. Queremos manter uma relação de respeito e independência, porque este poder é o poder que realmente representa a população”, disse.

Definindo seu futuro governo como um “processo de mudança e transformação” onde ele pretende que as pessoas tenham a oportunidade de participar diretamente, Wilson Lima declarou sua confiança no Parlamento e disse que sua visita tinha a finalidade de pedir aos deputados a sensibilidade necessária no sentido de aprovar matérias que não engessem o governo. “E estou aqui para assumir o compromisso do diálogo aberto, de um governo participativo, na construção de um projeto diferente para o Amazonas”, afirmou.

Prevendo que a partir de 1º de janeiro de 2019, “teremos dias muito difíceis e muito complicados”, em razão de um déficit da ordem de R$ 1 bilhão, que está sendo constatado nos levantamentos da Comissão de Transição, Wilson Lima disse que a situação é muito preocupante, onde o limite com o gasto de pessoal já foi ultrapassado. “Tecnicamente isso já está comprovado e é algo que nos preocupa muito. Até o final desta semana nós vamos apresentar um relatório final, que foi levantado pela comissão”, acrescentou.

Comentarios

COMPARTILHAR