Filas para vacinas AstraZeneca e CoronaVac esvaziam no Parque do Idoso

Podendo escolher qual das três vacinas tomar, usuários escolheram em peso a da Pfizer, enquanto as filas da Coronavac e Astrazeneca ficaram sempre quase vazias. (Foto: Divulgação)

A possibilidade de escolher entre três vacinas diferentes, no Parque do Idoso, durante a vacinação desta sexta-feira (2), fez com que houvesse preferência por um imunizante. Apenas a fila para a aplicação da vacina Pfizer lotou, enquanto que usuários relataram que as filas da AstraZeneca e CoronaVac ficaram vazias a maior parte do tempo. A regra adotada no ponto de vacinação não consta no Plano Nacional de Imunização (PNI).

A designer Nayani Teixeira, 26, relatou que chegou ao local de vacinação por volta de 13h e, após apresentar documentação, uma funcionária teria chegado ao local perguntando se alguém queria se vacinar com as vacinas da Astrazeneca ou Coronavac, anunciando que as filas destas estavam vazias.

“Quando entramos no local de vacinação de novo reforçaram que tinha duas filas vazias, a da Coronavac e da Astrazeneca, ou seja, estava dando pra escolher qual vacina você queria tomar… A gente optou por tomar a Coronavac porque estava vazia e a gente não faz distinção de vacina”, relatou.

O mesmo aconteceu com o auxiliar de logística Rafael Sousa, 26, que esteve no posto do Parque do Idoso por volta de 13h30. Ele relatou que após fazer o processo de identificação, um funcionário falou para ele quais vacinas estavam disponíveis e que ele poderia escolher uma delas antes de entrar.

“A Astrazeneca e Coronavac estavam totalmente vazias, e a Pfizer estava lotada, ou seja, a gente poderia escolher com qual se vacinar. Como a Coronavac estava vazia eu preferi ir lá tomar, porque não tem por que ficar escolhendo vacina”, disse Rafael.

Nas redes sociais também foi possível ver manauaras relatando a livre escolha de vacinas no ponto de vacinação. Um usuário do Twitter, identificado apenas como @heyvinini relatou inclusive que, ao término das doses da vacina da Pfizer, a quantidade média de pessoas que estavam no Parque do Idoso para se vacinar despencou, apesar de ainda terem disponíveis doses da Coronavac e Astrazeneca.

FONTE: ACRÍTICA

Comentarios