Estudantes da Fametro participam do Desafio Tramontina nas áreas de Arquitetura e Urbanismo

(Fotos: Divulgação)

Criado para estimular estudantes universitários dos cursos de Arquitetura e Urbanismo a criarem soluções para a vida doméstica, o Desafio Tramontina desembarca em Manaus numa parceria com o Centro Universitário Fametro.

Nesta segunda edição do desafio, os estudantes do Amazonas poderão inscrever projetos arquitetônicos e urbanísticos voltados ao ambiente doméstico, usando produtos Tramontina.

“Será um intercâmbio entre o grupo Tramontina e o curso de Arquitetura e Urbanismo da Fametro, que permitirá a evolução profissional dos nossos estudantes”, explicou a reitora da Fametro, Maria do Carmo Seffair.

Para concorrer ao Desafio Tramontina, os estudantes terão que apresentar projetos que misturem beleza, tecnologia e funcionalidade, agregando inovações ao ambiente doméstico. “Para os alunos será uma ótima experiência e um complemento à formação acadêmica”, acrescentou a reitora.

O coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo, Ulli Guerreiro, ressalta que a parceria é a chance de estimular a criatividade dos estudantes.

“O Desafio Tramontina é bastante conhecido entre os acadêmicos. A inclusão de Manaus na segunda edição do evento é uma oportunidade para exercitar a criatividade e desenvolver novas tecnologias”, planeja Ulli Guerreiro,

A parceria entre o Centro Universitário Fametro e o grupo Tramontina mostra que a instituição de ensino possui reconhecimento nacional. O Desafio Tramontina é realizado apenas junto a universidades com alto padrão de qualidade.

O reconhecimento pode ser avaliado também pelo crescimento do grupo Fametro, que nos últimos anos expandiu suas operações para o interior do Amazonas, chegando aos municípios de Itacoatiara, Manacapuru, Coari, Parintins, Maués, Tabatinga, Tefé, Beruri e Urucará, com planos de expansão a outros municípios. Além do Amazonas, a Fametro está presente nos Estados do Amapá (Macapá), Roraima (Boa Vista), Pará (Santarém) e Tocantins (Palmas).

Recentemente o grupo arrematou a Santa Casa de Misericórdia e o icônico Tropical Hotel de Manaus, que serão usados para ampliar ainda mais a qualidade dos cursos oferecidos aos estudantes do Amazonas.

*Com informações da assessoria

Comentarios