Estabelecimentos são fiscalizados após denúncia de poluição sonora na zonas Norte e Leste

Foto: Divulgação / Semmas

Nove estabelecimentos denunciados pela prática de poluição sonora e outras irregularidades foram abordados durante a noite de sexta-feira e madrugada deste sábado, 9/2, em mais uma operação noturna realizada pela Central Integrada de Fiscalização, do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). A ação foi coordenada pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), que realizou três apreensões de equipamentos, uma interdição de uso de som e uma notificação.

O trabalho conta com a participação dos órgãos que compõem a CIF (Polícia Militar, Conselho Tutelar, Delegacia Especializada em Meio Ambiente, da Polícia Civil). Essa foi a terceira operação realizada este ano, tendo como alvo estabelecimentos denunciados por abuso do uso de som, descumprimento de condicionantes do licenciamento ambiental, além de venda de bebidas para menores de idade, entre outras irregularidades.

A operação ocorreu nos bairros Jorge Teixeira, Armando Mendes e São José. Na semana anterior, as zonas visitadas foram a Oeste e Centro-Sul. De acordo com o diretor de Fiscalização da Semmas, Eneas Gonçalves, o trabalho vem surtindo efeito e vai atender as demandas recebidas pela secretaria oriundas do Ministério Público do Estado e por meio do disque-denúncia 0800-092-2000.

“Todas as demandas recebidas são agrupadas e encaixadas nas programações das operações semanais. Pedimos a compreensão das pessoas que denunciam por meio do nosso 0800 para que aguardem a chegada dos órgãos e não entrem em confronto com os denunciados para evitar retaliações”, explica diretor de Fiscalização da Semmas, Eneas Gonçalves.

Comentarios