Espancador de mulheres já está solto

Na sua lista, diversos casos de agressão contra mulheres, até no exterior. | Foto: Facebook/Arquivo pessoal

O ex-diplomata Renato de Ávila Viana, 42 anos, graças ao direito à progressão de pena está em liberdade, o espancador de mulheres deixou o Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal, na última sexta-feira (22).

Renato foi preso em outubro do ano passado, por mais um caso de covardia e violência contra mulher, em um processo de 2016, quando covardemente espancou uma ex-namorada em um quarto de motel. Nesse episódio ele arrancou um dente da ex-companheira com uma cabeçada.

Agora ele vai cumprir o resto da pena, dois anos e três meses, em casa. E terá que se apresentar ao juiz de dois em dois meses, além de não poder sair de casa no período de 22h até 5h da manhã. Outra determinação é o afastamento completo da sua última namorada.

Na sua lista, diversos casos de agressão contra mulheres, até no exterior. Ao todo são sete denúncias de crimes. Ele já respondeu a três PADs na Corregedoria do Serviço Exterior do MRE, após registros de ataques a duas mulheres em outros países e a mais duas no Brasil.

Apesar de todos esses casos, demorou muito até o Itamaraty se posicionar e demitir o agressor, do cargo de primeiro-secretário do Ministério das Relações Exteriores (MRE), o que só ocorreu em setembro de 2018.

Por DIÁRIO DO PODER

 

Comentarios