Escola da zona Norte é a primeira colocada em economia de energia

Foto: Cleomir Santos/Semed

A escola municipal Madalena dos Santos Costa, no bairro Novo Israel, zona Norte, foi a primeira colocada na economia de energia do Plano de Combate ao Desperdício de 2018, da Prefeitura de Manaus. Além da premiação de um troféu, certificado de honra ao mérito e alguns reparos, a unidade de ensino também recebeu na manhã desta sexta-feira, 8/11, um dia cultural com várias atividades. A redução da escola foi de 21%, com uma economia de R$ 10.357,26, que envolveu os 224 alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental.

A programação da manhã cultural contou com corte de cabelo masculino e feminino, cinema, lanche, pipoca, karaokê, apresentação de personagens da Liga da Justiça, Dragon ball e Vingadores, entre outras atividades.

Implantado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) em 2015, o Plano de Combate ao Desperdício da Prefeitura de Manaus já reduziu nesses quatro anos um gasto de R$ 4 milhões nas contas, tanto de água como de energia na rede municipal de ensino. A redução de água da Semed, em 2018, foi de R$ 784.001,97. Já o valor da energia elétrica foi de R$ 619.117,14 em toda rede de ensino. No total, foram premiadas 32 escolas de toda rede, sendo 17 pela redução de energia e outras 15 por água.

A diretora da escola municipal Madalena dos Santos Costa, Silene da Costa Avelar, disse que o trabalho foi bem intenso para a escola conseguir os resultados na economia de energia. Segundo ela, todos, sem exceção, foram responsáveis pela conquista, pois houve a dedicação e mobilização de toda a unidade de ensino.

“Nós fizemos um trabalho bem intenso com toda comunidade, com as crianças na conscientização da economia de energia, além dos funcionários e toda equipe escolar envolvida no projeto. Foram ações simples, como desligar ao sair de algum ambiente e os ares-condicionados quando não estiver em sala de aula, enfim, tudo isso”, disse.

Segundo o gestor de contas públicas da Semed, Artur César Pimenta da Silva, o Plano de Combate ao Desperdício iniciou em 2015, mas desde lá conseguiu resultados positivos nas escolas municipais. Para ele, o empenho de todos contribui para o sucesso.

“Esse gerenciamento ocorre para todas as escolas da rede. Existe todo um procedimento nas unidades de ensino, pois temos um sistema próprio informatizado, onde as escolas lançam os dados diariamente. Através disso, cada escola sabe o quanto está gastando diariamente e no final do mês”, informou.

A chefe da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Norte da Semed, Ercieda de Almeida, participou da programação para levar o bom exemplo e implantar a metodologia de trabalho nas outras unidades de ensino da divisão.

“As práticas que aqui foram desenvolvidas para economia de energia elétrica, nós vamos socializar com as outras escolas da divisão, porque essa economia, sobra de recursos vai possibilitar desenvolver outras ações bem proveitosas para Semed e a prefeitura como um todo”, comentou.

A aluna do 4º ano, Kiara da Silva Ponce de Leão, 10, foi uma das estudantes que teve um aprendizado muito grande, pois já trabalha como multiplicadora em sua família sobre a temática no consumo de energia, mas também de água.

“Quando a gente participa das aulas de educação física desliga o ar-condicionado e as luzes para economizar um pouco. Levamos essas atividades da escola para casa. Para não gastar muito, quando saio do quarto desligo o ventilador e a televisão. As crianças precisam desse tipo de comportamento, é um aprendizado legal”, disse.

Comentarios