Embriagado, sargento da PM destrói tanque de combustível em Manaus

Por pouco, Mário José de Oliveira, 40, não causou uma explosão após perder o controle do veículo e atingir o tanque do gasolina de um posto. ─ Foto: Winnetou Almeida

MANAUS – O  sargento da Polícia Militar Mário José de Oliveira, 40, perdeu o controle de um veículo Honda Civic placa MVJ 5152 e atingiu vários equipamentos de um posto de combustível localizado na avenida Curaçao, bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus. O acidente ocorreu por volta das 8h30 desta quarta-feira (25). Dois frentistas estavam no local e por pouco não foram atropelados.

“Estávamos sentados, só vimos o vulto do carro. Não deu tempo de fazer muita coisa”, contou Andrezza Ribeiro, 24. “Pensei que ele tivesse morrido. Abri a porta, pois ele não estava conseguindo sair”, relatou João Filho Matos, 46. Um rapaz de cerca de 20 anos de idade estava no banco do passageiro e deixou o local após uma discussão com um policial militar.

Oliveira apresentava sinais de embriaguez e dificuldade de localização no tempo. Ele não soube informar de onde veio e qual o destino da viagem. Ao entrar no posto, o veiculo derrubou um bomba de combustível, que foi arrastada por aproximadamente 13 metros, e um balcão de atendimento onde estavam instalados  um computador, um concentrador e uma máquina de cartão.

O gerente da posto, Romnilson Silva, 55, contabilizou um prejuízo de no mínimo R$ 50 mil, valor da bomba de gasolina. “Como o motorista é policial militar, estamos tentando fazer um acordo. Mas ele não tem condições de pagar”, lamentou.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas  (CBMAM) isolou o local, fez a contenção dos combustíveis e desligamento do disjuntor. Não houve derramamento de gasolina. Oliveira foi conduzido ao 6° Distrito Integrado de Polícia  (DIP) para os procedimentos cabíveis.

Por ACRÍTICA

 

Comentarios