Dose de reforço contra a Covid é liberada a todos os trabalhadores da Saúde

A partir desta terça-feira (5), trabalhadores da Saúde já podem receber a dose de reforço (Foto: Ruan Souza / Arquivo Semsa)

O prefeito de Manaus, David Almeida, anunciou, nesta terça-feira (5), a abertura da aplicação da terceira dose da vacina contra a Covid-19 aos trabalhadores da Saúde de todas as idades. A partir desta terça-feira, esses profissionais já podem procurar qualquer um dos cinco pontos estratégicos para receber a dose de reforço. A decisão de Almeida considerou o estoque de doses da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e a estimativa de público a ser atendido.

Para esta semana, a Semsa preparou 40 pontos de vacinação que funcionarão das 9h às 16h, até a próxima sexta-feira (8). Além dos cinco pontos estratégicos (Sambódromo, Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, Shopping Phelippe Daou, Studio 5 Centro de Convenções e Clube do Trabalhador do Sesi), outras 35 unidades de saúde, em todas as zonas da cidade, estarão atendendo com primeira, segunda e terceira doses para idosos de 60 anos e mais e imunossuprimidos.

A lista com os endereços está disponível no site da Semsa e nos perfis da secretaria nas redes sociais @semsamanaus, no Instagram, e Semsa Manaus, no Facebook.

Esquema vacinal

A responsável pela Semsa, Shádia Fraxe, reforçou a importância da conclusão do esquema vacinal para quem tomou algum dos imunizantes que requeiram duas doses.

“Quem ainda não tiver ido receber a segunda dose, procure logo um dos pontos de vacinação para assegurar a proteção necessária contra as complicações que o novo coronavírus pode causar. Apenas com o esquema vacinal completo conseguiremos a eficácia esperada dos imunizantes”, orientou.

Para facilitar o atendimento nos pontos de vacinação, a Semsa orienta que seja feito o cadastro prévio no Imuniza Manaus, por meio do qual também é possível acessar informações sobre a data do agendamento para a segunda dose.

Público

Para receber a primeira dose, no caso dos adolescentes de 12 a 17 anos, é necessário estar acompanhado do pai, mãe ou pessoa maior de 18 anos que precisará assinar uma declaração de responsabilidade, o que poderá ser feito no verso da cópia do comprovante de residência que deverá ser apresentado juntamente com um documento de identidade original, com foto, ou a certidão de nascimento, mais o CPF ou Cartão Nacional do SUS. Quem tem 18 anos ou mais, deve levar o documento de identificação original, com foto, CPF e comprovante de residência com cópia.

Para tomar a segunda dose, basta apresentar uma identificação, o CPF e a carteira de vacinação com o registro da primeira dose, ou apresentar o aplicativo ConecteSus, que pode ser instalado no celular.

*Com informações da assessoria

Comentarios