Dono de casa de forró é morto a tiros no Alvorada

Não está descartada a possibilidade de guerra entre facções ─ Imagem: Divulgação

MANAUS – Diego Maurício Soares, 28, conhecido como “Batata” e dono do “Forró Du Chefe’” foi morto a tiros na porta de casa na noite deste domingo (1), na Rua 4, bairro Alvorada 1, zona Centro-Oeste de Manaus

De acordo com a polícia, “Batata” era parente e sócio do traficante Carlos Alberto Soares de Reis, o “Carlinhos Panda” no Forró du Chefe.

O crime ocorreu em frente ao Forró Du Chefe que “Carlinhos Panda” (um dos chefões da FDN) e sua namorada, a recepcionista do restaurante Barollo, Bruna Freitas Rodrigues, sofreram um atentado.

Carlinhos Panda teria sobrevivido e horas depois mandou matar Bruna, depois que soube que ela havia lhe entregado para traficantes rivais.

De acordo com policiais da 10ª Cicom, dois homens ocupando uma moto chegaram e efetuaram os disparos em “Batata” que ainda chegou a ser socorrido e levado ao SPA do Alvorada, mas não resistiu.

Inicialmente foi divulgada a informação de que “Batata” teria sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte) onde os suspeitos teriam tentado roubar seu celular e o mesmo teria resistido.

Mas para a polícia, essa informação pode ter sido “plantada” pelos traficantes para encobrir a execução supostamente ligada a guerra entre facções rivais.

Por PORTAL TUCUMÃ

Comentarios