Deputado é alvo de operação da Polícia Federal nesta segunda

Deputado Saullo Viana

A Polícia Federal (PF) deflagrou operação para cumprir 4 mandados de prisão e 11 de busca e apreensão em Manaus e em Presidente Figueiredo nesta segunda-feira (23), em razão de crimes de fraude em licitação pública, lavagem de dinheiro, associação criminosa, entre outros.

Um dos alvos da operação é o deputado estadual Saullo Vianna (PTB) e a mulher dele. A PF teria cumprido na residência do parlamentar busca e apreensão. Em 2017, durante uma concorrência pública em Presidente Figueiredo para fornecimento de merenda escolar uma das empresas participantes seria de Vianna, mas a vencedora teria um sócio “laranja” dele.

As investigações incluem a esposa do político, que é irmã do vice-prefeito de Presidente Figueiredo, além do advogado Jender Lobato, atual presidente do Caprichoso, que foi presidente da Comissão de Licitação Municipal na cidade, à época do processo investigado.

PF deflagra

Em 2018, Saullo Vianna foi preso pela PF faltando 10 dias para a diplomação dos candidatos eleitos no pleito daquele ano.

A prisão atende pedido do Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas. A Justiça Federal determinou a detenção  temporária em razão de investigações por crime de corrupção e de associação criminosa. Ele ficou detido no Centro de Detenção Provisória Masculino II (CDPM II), para onde são enviados presos políticos.

Mais votado

Saullo Vianna foi o nono deputado mais votado na disputa da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), tendo recebido 27,8 mil votos.

Com a operação de 2018, a PF visava desbaratar esquema de corrupção ativa e passiva e violação de sigilo funcional com o fornecimento de informação privilegiada de dentro do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM).

FONTE: PMS

Comentarios