Cruz Vermelha Brasileira do Amazonas recebe homenagem na CMM

(Foto: Aguilar Abecassis/CMM)

Para celebrar o Dia Internacional da Cruz Vermelha Brasileira do Amazonas, a Câmara Municipal de Manaus (CMM) promoveu nesta quarta-feira (8/5), uma tribuna popular, no plenário Adriano Jorge. A propositura, é de autoria do vereador Ewerton Wanderley (PHS).

Ewerton Wanderley lembrou que a Cruz Vermelha Brasileira do Amazonas (CVB/AM), conquistou o título de Utilidade Pública do município de Manaus, por meio de um projeto de lei de sua autoria. Ele também ressaltou que é médico voluntário na instituição há cinco anos e sempre acompanha o serviço que o presidente da Cruz vermelha, Mario Aníbal realiza na organização.

“Sabemos muito bem da importância das ações dos voluntários na Cruz Vermelha Brasileira do Amazonas. Eles chegam aos locais onde infelizmente o poder público não atende a necessidade das pessoas, levando assistência social, médicos, enfermeiros, psicólogos, entre outros serviços. Parabenizo a instituição e todos os voluntários pelo excelente e importante trabalho que vem sendo desenvolvido na Cruz Vermelha”, ressalta Wanderley.

O parlamentar também destacou os fundamentos básicos da Cruz Vermelha que são humanidade, imparcialidade, neutralidade, independência, voluntariado, unidade e universalidade e ressaltou que a mesma é uma instituição de socorro voluntário, cuja finalidade é prevenir e atenuar os sofrimentos humanos.

O presidente da Cruz vermelha, Mário Aníbal, apresentou uma prestação de contas e fez uma extensa explanação sobre os trabalhos desenvolvidos na Cruz Vermelha Brasileira do Amazonas. Ele relatou que a instituição foi fundada em 5 de dezembro de 1908, por iniciativa do doutor Joaquim de Oliveira Botelho, que se inspirou neste movimento internacional e decidiu implantá-lo no Brasil para ajudar a proteger e salvar vidas brasileiras.

Mario Aníbal, também entregou um diploma como forma de agradecimento a oito vereadores que contribuem com a instituição e fez questão de homenagear o seu filho, Isaac Costa, que sempre está apoiando nas ações da cruz vermelha, ressaltando que o serviço voluntário começa na família.

Na ocasião o presidente da CMM, vereador Joelson Silva recitou o versículo bíblico do livro de Provérbios. “Ensina a criança o caminho que deve andar e mesmo quando for velho, não se desviará dele” e parabenizou pelo trabalho realizado na instituição. “Que exemplo tivemos hoje, esse é o grande legado que devemos deixar para os nossos filhos, o amor ao próximo. Parabéns a todos os envolvidos”, salienta.

A coordenadora do departamento de Gestão de Desastres da Cruz Vermelha, Dorien Dolman, disse que o principal objetivo da instituição é atenuar o sofrimento humano, sem distinção de raça, religião, condição social, gênero e opinião política.

Durante a tribuna os vereadores Elias Emanuel (PSDB), Wallace Oliveira (PODE), Bessa (SD), Dante PSDB), Raulzinho (DEM), Fred Mota (PR), Chico Preto (PMN), Sassá da Construção Civil (PT), Professor Fransuá (PV), Amauri Colares (PRB), Rosivaldo Cordovil (PODE), Isaac Tayah (PSDC) e Professor Gedeão Amorim (MDB) manifestaram apoio a  Cruz Vermelha Brasileira do Amazonas e afirmaram que pretendem destinar uma parte de suas emendas orçamentárias para a instituição.

Também participaram da tribuna a subsecretária Municipal de Gestão da Saúde (Semsa), Adriana Lopes Elias; o subsecretário Municipal de Serviços Básicos da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), Francisco Daniel de Oliveira Sena e o secretário Executivo Adjunto do Gabinete da vice-governador, Renato Nogueira de Oliveira.

 

Comentarios