Carga de cocaína avaliada em R$ 2 milhões é apreendida no Tarumã

A droga estava sendo guardada por um homem identificado como vulgo "Coronel", que conseguiu fugir pela mata ─ Foto: Divulgação

Setenta quilos de cloridrato e pasta base de cocaína foram apreendidos, ao fim da tarde desta quarta-feira (1°), em um sítio localizado no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus. Segundo a Polícia Civil, o material está avaliado em mais de R$ 2 milhões.

De acordo com o titular do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), delegado Paulo Mavignier, a ação policial se originou a partir de uma fonte, que deu informações sobre o material entorpecente escondido no local. Conforme o delegado, a droga estava sendo guardada por um homem identificado como vulgo “Coronel”, que conseguiu fugir pela mata, assim que percebeu a presença da polícia.

“As investigações perduraram por quinze dias. Esperamos agir pelo fim da tarde, na ideia de que alguém fosse buscar o material. Resolvemos entrar e o indivíduo, de vulgo ‘Coronel’, fugiu pelo muro, ainda se cortando nas mãos, com os cacos de vidro”, explicou o titular.

Mavignier enfatizou, ainda, que o material entorpecente possivelmente tenha vindo do município de Tabatinga [distante 1.106 quilômetros da capital amazonense], tendo adentrado à cidade por meio da Tríplice Fronteira [Brasil – Colômbia – Peru].

“Tem essa procedência, sabendo-se que o Peru é considerado um dos maiores produtores de cocaína”, reforçou a autoridade policial.

A polícia continuará com as investigações, a fim de localizar os supostos integrantes envolvidos no grupo criminoso. Ninguém foi preso.

FONTE: ACRÍTICA

Comentarios