Atleta do Amazonas é ouro no Parapan-Americano

Essa é a segunda medalha do Amazonas no torneio. | Foto: Divulgação

A amazonense Mikaela Costa Almeida, 17, paratleta de Badminton, conquistou na manhã deste sábado (31) a medalha de ouro dos Jogos Parapan-Americanos, que acontecem em Lima, no Peru. A atleta do Núcleo de Desenvolvimento de Badminton do Centro de Treinamento de Alto Rendimento do Amazonas (Ctara), administrado pela Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), venceu a peruana Laura Puntriano por dois sets a zero e sagrou-se campeã da modalidade na categoria SU5 (incapacidade no braço).

Essa é a segunda medalha do Amazonas no torneio. Na quinta-feira (29), o halterofilista Lucas Manoel dos Santos, 17, também atleta do Ctara, faturou a medalha de bronze ao levantar 123 quilos na categoria adulta até 49kg. O Estado teve, ainda, a participação de Goutier Rodrigues, do Tênis de Mesa.

Mika, como é conhecida carinhosamente pelos amigos e professores, foi revelada em 2015 pelo Núcleo de Desenvolvimento de Badminton, que funciona na Escola Estadual Cacilda Braule Pinto, no bairro Coroado, zona Leste de Manaus, coordenado pelo professor de Educação Física Fernando Taffarel.

A própria Mikaela lembra da insistência do professor ao lhe apresentar a modalidade. “Ele fez uma demonstração do badminton, mas eu não gostei muito. Porém, ele insistiu para eu treinar com eles à tarde e fui me familiarizando. Comecei a levar mais a sério a prática e os frutos estão chegando. Estou muito feliz”, disse Mika.

Acompanhando tudo pela internet, Taffarel fala com orgulho da trajetória da paratleta na competição e ainda está muito surpreso, esperando “a ficha cair”. “Tudo aconteceu muito rápido e isto está sendo sensacional!  Ela já venceu a adversária mais forte do nosso continente, a canadense Olivia Meier, e isso é muito gratificante e grandioso. Só de pensar que o projeto começou sem nenhum espírito competitivo, e que agora conseguimos colocar a Mikaela na principal competição do continente, e ela conquista o primeiro lugar, é de uma emoção incontável”, contou emocionado.

O presidente da Federação Amazonense de Badminton (FAMBD), professor Ricardo Pina, que está em Lima, acompanhou de perto todas as partidas da atleta e ressaltou o desempenho de Mikaela, que chegou ao ouro de forma invicta, ao derrotar todas as adversárias por dois sets a zero.

“O Badminton é o esporte que mais cresce no estado. Temos poucos anos de federação, mas já podemos contar com inúmeras conquistas, como esta da Mikaela, que é algo singular e de muita representação para o Amazonas e para ela. É um momento de muita felicidade, pois mostra que o trabalho está sendo bem feito com a modalidade”, concluiu.

Apoio

O titular da Sejel, Caio André de Oliveira, destacou o apoio que o Governo do Amazonas tem dado aos atletas, das mais variadas modalidades, fortalecendo o trabalho do Núcleo de Base do Ctara, e ressaltou o significado da conquista de Mikaela para o esporte amazonense.

“Nós já conhecíamos os resultados da Mikaela, uma atleta dedicada, de força, superação e muita garra. Esse ouro é uma coroação por todo o esforço dela e de seus professores, por todo o bom trabalho que eles desenvolvem. Parabéns, Mikaela. Que orgulho temos pela sua conquista”, afirmou.

 

Comentarios