Amazonas tem a quarta maior taxa de letalidade do País em casos de Covid-19

A taxa de letalidade representa a quantidade de mortes a cada cem casos e a média nacional, hoje, é de 6,4%. Paraíba lidera com 12,5% e Amazonas tem 8,5%. ─ Foto: Euzivaldo Queiroz

Os dados oficiais do Ministério da Saúde apresentados na tarde desta terça-feira (21) colocam o Amazonas como o quarto Estado com a maior taxa de letalidade do País. Com uma taxa de 8,5%, o Amazonas fica atrás apenas da Paraíba,  Pernambuco e Rio de Janeiro. A quantidade de mortes no Amazonas já fez, inclusive, com que corpos sejam enterrados em valas coletivas. 

A taxa de letalidade representa a quantidade de mortes a cada cem casos e a média nacional, hoje, é de 6,4%. A Paraíba lidera com 12,5 mortes a cada 100 casos – o Estado tem um número absoluto de registros da doença baixo, de apenas 263, porém com 33 mortes confirmadas. Pernambuco vem a seguir, com uma taxa de 8,9% e dados absolutos com 2908 casos e 260 mortes. Em terceiro lugar está o Rio de Janeiro, com 5306 casos e 461 mortes, o que gera uma taxa de 8,7%.  O Amazonas tem 2270 casos e 193 mortes, gerando uma taxa de 8,5%. 

Em número de absoluto de casos, o Amazonas ocupa a quinta colocação entre os Estados do País. O maior número de casos está em São Paulo, com 15.385 e 1093 mortes. Em seguida aparece o Rio de Janeiro e em terceiro o Ceará. No estado nordestino são 3.716 casos com 215 mortes, uma taxa de letalidade de 5,8% – abaixo da média nacional. O quarto lugar é ocupado por Pernambuco, seguido pelo Amazonas.

O crescimento dos casos no Amazonas tem sido alertado constantemente pelas autoridades de Saúde, que reforçam diariamente a necessidade de que as pessoas fiquem em casa ou saiam apenas para atividades extrememamente necessárias. Diante do cenário, o governador Wilson Lima já chegou a levantar a possibilidade de um ‘lockdown’ no Estado, quando todas as atividades são fechadas para evitar o contágio.

FONTE: A Crítica

Comentarios