A ARTE DE RUI MACHADO “FAZ BEM E FORMA BEM”

O mundo Amazônico da arte de Rui Machado se espalha e pede passagem nas esteiras desse chão, se firmando, por onde o imaginável não pudesse acontecer; como se a arte saísse do seu estado imóvel das salas de exposições e ganhassem os espaços, colorindo a vida, saindo da sua moldura indo de encontro aos olhos das ruas, das esquinas, das praças, prestando serviços, vestindo os negócios, levando saúde à alma, tudo porque a arte faz bem e forma bem.

É neste cenário que a rede de drogarias FarmaBem, do Grupo Tapajós, lançou a campanha ‘Arte faz Bem’, que visa a valorização dos artistas e da cultura local como uma forma de estimular a saúde da alma.

Dentre uma serie de nomes escolhidos, com grande reconhecimento aqui, em outros estados e outros países, Rui Machado foi o primeiro a ter suas obras na linha de frente do negócio. 

Com o valor das compras determinados pela rede de drogarias FarmaBem, neste mês de junho, a campanha possibilitará ao público adquirir uma obra de arte, pensada e concebida a partir da inspiração do artista. 

Essa promoção vai até agosto e cada mês um artista participa com seus trabalhos. Em termos de negócio é uma coisa nova aqui no nosso estado, partindo do princípio – como diz um velho dito popular – que a arte não vende nada e tão pouco dá voto, no entanto, parece que essa rede de drogarias não vê a arte por esse prisma e começa a usá-la para, inclusive, aproximar seus clientes, através de uma campanha publicitária.   

Para esse mês de junho o artista plástico, poeta e compositor Rui Machado participa com a obra “Mundo Amazônico,” criada exclusivamente para a campanha, onde o cliente ao fazer sua compra, a partir de um determinado valor, receberá uma linda bolsa retornável com a assinatura de Rui.   

O artista falou sobre sua obra “Mundo Amazônico dizendo que, “precisamos de um mundo verde de vida e esperança. Que floresça paz, saúde, gratidão, solidariedade, alegria, fé e o colorido das flores. A vida precisa da vida pra sobreviver.”

E para finalizar o artista complementou: “Fiquei muito feliz de ser convidado para abrir a campanha que é uma homenagem aos artistas e uma maneira de prestigiar a arte feita no Amazonas, além disso, tive a oportunidade de transformar o pagamento recebido em cestas básicas para doação”.

Comentarios